OS FERIDOS E OS QUE FEREM NESTE MERCADO
RELIGIOSO EVANGELICO‏


A respeito deste triste fato relatado no site do Caio ( www.caiofabio.com ) e os tantos comentários que tem rolado pela internet.

Só pra acrescentar que, embora, este episódio chamou a atenção por conta dos ingredientes, lembro-lhes que, no site do nosso querido Caio, há dezenas de episódios, tanto ou até mais escabrosos que este.

E mais, Caio não publica tudo que recebe.

E mais, alguns de nós deste mailing , fossemos publicar as denuncias e confissões que recebemos, enngrossariamos ainda e muito mais esta lista de relatos infernais.

O fato é que este "meio evangélico" no qual ainda sou contado, embora, dele já não faço parte, produz todos os dias doenças, doentes, vitimas, e tantos males que, quem acha que Caio esta "inventando", não esta usando lentes corretas.

Os "FERIDOS DESTA GUERRA" estão à nossa volta. Entre nossos familiares. Entre nossos amigos. Os FERIDOS EM NOME DE DEUS, como escreveu a jornalista Marilia de Camargo Cesar, crescem em progressão geométrica.

Falta-nos coragem pra denunciar, ao mesmo tempo em que, por amor aos feridos e pra que suas dores não sejam potencializadas, nos calamos.

Que o Eterno nos guarde e nos ajude a não nos tornarmos vitimas deste sistema religioso demoníaco, mas, que não sejamos os causadores de outras doenças.

Oro também pra que todos os que estão em ambientes onde episódios como estes e outros tantos que são absolutamente contrários ao Evangelho, estão acontecendo, que denunciem.

Saiam destes ambientes. Saiam de debaixo destas "coberturas espirituais" Saiam de debaixo da tutrela destes "lideres espirituais"

Não alimentem a loucura deles. Não contribuam com seus pseudos "ministérios".

Desintoxiquem destes ensinos. Livrem -se destes déspotas espirituais. Não se impressionem com seus títulos auto proclamados. Não acreditem suas profetadas. Não tenham medo de suas ameaças. Não se iluda com seus castelos e torres imponentes.

Todos sabemos que o Reino de Deus não vem com estas aparências.

Qualquer um que use um titulo pra se impor sobre alguém, contraria o ensino de Jesus que diz que é servindo como escravos que seremos reconhecidos como os que tem destaque no Reino de Deus.

Todos os títulos extraídos das escrituras tem a ver diretamente com quem mais serve. Tem a ver com aqueles que serviam nos porões dos navios ao som de tambores. Os que remavam e faziam o navio navegar.

Os que servem no Reino são como aqueles "escravos de argola" que , embora, tivessem recebido a carta de alforria, decidiam servir como escravos e eram marcados com uma argola visível no rosto.

Da minha parte digo, reconheço alguns poucos pastores pra valer que velam pelas ovelhas do rebanho dEle, como que tivessem que dar contas delas ao Senhor e Pastor do Rebanho.

Reconheço um, quem sabe dois, bispos, pois, cuidam de pastores como que sofrendo com eles as dores dos que de fato cuidam de gente.

Não reconheço nenhum destes apóstolos que estão por ai. Nem profetas. Nem qualquer um que se auto-intitule algo parecido com estas aberrações.

Já gostei muito do vocábulo "pastor", mas, ele foi Tao banalizado e sei que eu próprio não fiz e não faço jus em carrega-lo.

Sei que alguns me tem como pastor, mas, hoje, prefiro ser amigo, irmão, companheiros de jugo, remadores no porão do navio, dos que arrumam cadeiras, passam pano com álcool nas mesas, enfim, que serve o rebanho que já tem UM PASTOR, o BOM PASTOR.

Graça, paz, BOM SENSO & todo bem a todos.

Bjs.

Carlos Bregantim
( que é reconhecido por alguns como pastor, mas, que não tem rebanho, pois, o rebanho é dEle, o Bom Pastor )

1 comentários:

Danilo Fernandes disse...

Ola Carlos!

Estava eu procurando novos blogs para divulgar o meu e... Surpresa boa! Achei seu blog! Parabéns pelo trabalho e qualidade dos posts.

E, aproveitando, apresento o Genizah: Um blog cristão diferente que oferece ótimo conteúdo protestante, muito humor e bom combate às heresias e ao sincretismo que vem solapando a igreja evangélica.

Vamos nos seguir. Te vejo por lá!

A Paz e o Bem!

Abraços,

Danilo Fernandes

http://www.genizahvirtual.com/