O CAMINHO DA GRAÇA É O CAMINHO DA CRUZ

Sim, não há outro caminho a fazer senão o CAMINHO DA CRUZ todos os dias e o dia todo. Penso que esta deveria ser a única competição entre os discípulos de Jesus de Nazaré, quem chega primeiro à Cruz, aos pés da Cruz, "DE ONDE JORRA RICA FONTE", como dizia o poeta. Até porque é inevitável que corramos pra lá, pois, seja em pensamentos, palavras, gestos, atos e atitudes, enfim, sempre estamos cometendo algum delito. O Caminho da Cruz é o caminho do recomeço sempre. Ali eu oro, choro, reclamo, ouço, murmuro, espero, mas é dali que saio pra vida sem pesos, sem culpas, sem embaraços, esperançoso, já que ali na Cruz eu e tudo que existe neste universo fomos reconciliados com o Criador. No Caminho da Cruz eu recobro a consciência plena e expando a minha mente de modo que passo a compreender o que fiz ou deixei de fazer e as conseqüências disto tudo. No Caminho da Cruz sou perdoado, resgatado, restaurado e reanimado a lidar inclusive com as conseqüências dos meus erros, dos meus desvios, das minhas mazelas pessoais, dos meus traumas, das minhas memórias estranhas. No Caminho da Cruz não sou nem melhor e nem pior que os outros. Sou mais um atingido pelo amor escandaloso da Cruz. Quando chego ali, me nivelo, me equilibro, me ponho no lugar que devo sempre estar, isto é, curvado, reverente, quieto, silencioso, pois, ali sou aspergido por gotas que mancham positivamente a minha vida. Manchas que são reconhecidas na eternidade. Mancha que é espetaculo para todos os seres viventes no universo. A mancha da Cruz, a mancha do sangue ali derramado. A mancha que me arrancou do império das trevas e me levou para o Reino do Filho do Seu Amor. Não são poucas as vezes que tenho que responder perguntas do tipo: "E AGORA, PRA ONDE VOU? O QUE FAÇO? . Bem, não tenho outra resposta, VOLTE PARA O CAMINHO DA CRUZ. Corra para os pés da Cruz. Aquiete-se lá. Chore lá. Grite lá, mas, é ali que eu e você devemos ir sempre. Somos como aqueles filhos que quando corrigidos pelos pais, agarram-se nas pernas do pai e mesmo recebendo a correção que doí, preferem ficar ali, grudados aos pés do pai, pois, sabem que são amados, sabem que aquela correção conquanto dolorida na hora é o que lhe dará segurança prá vida. Aos pés da Cruz eu e você dizemos ao Criador; "...PAI, CORRIJA-NOS, MAS, NÃO NOS LANCE FORA DA SUA PRESENÇA.." O CAMINHO DA GRAÇA É O CAMINHO DA CRUZ. Um desemboca no outro. Se misturam. Não é possível fazer um e não fazer o outro. Não é uma questão de escolha, mas, de reconhecimento. OU A CRUZ VALEU PRA TUDO OU NÃO VALEU PRA NADA. Crendo assim, prefiro o Caminho da Cruz que é o Caminho da Graça, que é, o caminho feito pra dentro de si mesmo e pra dentro daquEle que ó o próprio Caminho. " EU SOU O CAMINHO..." disse o Nazareno.

Deus te guarde no Caminho da Cruz, este lugar seguro pra se estar e ficar.

2 comentários:

Volney Faustini disse...

Gostei muito Bregantim. A cruz - infelizmente é pouco falada e raramente utilizada no viver cristão.

A Cruz atrai pra si (e pra Cristo) a cura da rebelião - nos torna iguais e sempre dependentes dEle e de Sua graça.

Amém!

Vítor Carvalho Ferolla disse...

O PAVA está fazendo uma Newsletter só para blogueiros e dessa vez é sério.

Para entrar na lista basta me enviar um e-mail com seu Nome, E-mail e Endereço de Blog e Data de Aniversário para:

amigodopava@gmail.com

Obrigado!